Disqus Shortname

A Bruxa | Curiosidades sobre Black Phillip

Se você já assistiu ao filme A Bruxa deve em algum momento ter se perguntado que raios de bode é o Black Phillip, que no início parecia um bode como qualquer outro (exceto pelo tamanho dos seus chifres), mas que acaba roubando a cena no decorrer do filme.


(Atenção! Spoilers a vista!)

Black Phillip – o bode, realmente existe, não é um boneco, um animal empalhado ou modificado digitalmente. Seu nome verdadeiro é Charlie e, na verdade, ele vive bucolicamente em uma fazenda não muito longe de onde o filme foi gravado, ao norte de Ontário, Canadá.

O animal, como muitas estrelas de cinema, foi escolhido pelas suas características físicas... Digamos que peculiares. A treinadora de animais, Anna Kilch, mostrou algumas fotos para o diretor Robert Eggers e apontou a foto de Charlie como sendo o mais adequado ao papel, justamente por causa do seu enorme par de chifres e o seu peso de quase 95 kg, o que é bastante incomum para um bode.

Eu disse ali em cima que Charlie vive tranquilamente numa fazenda, não é mesmo?

Isso não quer dizer que ele era o tipo de animal tranquilo e que faria o que pedissem ou induzissem ele a fazer. Segundo Robert Eggers: “Se você queria que ele fizesse alguma coisa violenta, ele preferiria ir dormir. Se era para ele ficar de pé e parado, ele começava a correr como um louco.”

Mas ninguém passou por uma situação mais difícil com Charlie do que Ralph Ineson, o ator britânico que interpreta William, o patriarca da família. Para quem não sabe, no quarto dia de filmagem, Charlie atacou Ralph, dando com um dos seus chifres em suas costelas, machucando um dos seus tendões.

“Ele era horrível! Realmente horrível! Desde o primeiro momento em que nossos olhares se cruzaram, houve uma espécie de ódio à primeira vista. Ele tinha dois estados: calmo, sem fazer nada ou me atacando.” – Ineson disse em entrevista ao Hollywood Reporter.

A treinadora de Charlie ficou surpresa ao ouvir opiniões tão negativas sobre o animal que ajudou a escolher.

Foi uma filmagem difícil, mas ele conseguiu fazê-la muito bem algumas vezes e nós estávamos felizes com seu desempenho. Ele era a estrela do show, por isso nós acabamos o usando muito. Talvez seja por isso que eles tenham o achado tão difícil. Mas não, ele foi fantástico.” – ela defendeu.

Devido ao temperamento do animal, muitas cenas com Charlie/Black Phillip acabaram sendo cortadas. Algumas outras que foram gravadas, mas não estavam no roteiro – como a em que ele se ergue sobre as suas duas patas traseiras – foram mantidas e utilizadas inclusive em material promocional do filme.

Sendo assim, no final das contas, muito do que vimos da atuação de Charlie como Black Phillip no cinema na verdade era apenas o animal sendo ele mesmo, fazendo o que ele achava que tinha de fazer e sem perceber, “incorporando” traços da personalidade do personagem que secretamente interpretava.