Disqus Shortname

Review | Filme All Hallows' Eve (2013)

Olá, leitores! Desta vez, em comemoração ao Halloween, resolvi assistir alguns filmes que tinham esta data como tema ou que o background fosse esta data. E assim cheguei ao All Hallows' Eve.

Art O Palhaço
Art - O Palhaço
Pela sinopse parecia interessante, mas eu confesso que não fiquei muito empolgada desde o início. Eu não sei. Sempre que eu ouço falar em palhaços assassinos, eu sempre me lembro de Stephen King e IT: A Coisa. Mas, mesmo assim, eu resolvi dar uma chance e assistir a esta produção dirigida, editada e escrita por Damien Leone, especialmente após ter assistido ao trailer (que vocês podem assistir no final deste artigo).

Sinopse: A babá Sarah está cuidando de um casal de crianças na noite de Halloween quando uma delas encontra uma misteriosa fita VHS dentro do saco de gostosuras das crianças. Enquanto assistem à fita, na qual foram gravados três filmes curtos envolvendo um palhaço assassino demoníaco, coisas estranhas começam a acontecer dentro da casa, logo transformando aquela noite no mais verdadeiro pesadelo.

De início All Hallows' Eve prende a atenção de quem está assistindo, até o momento em que uma fita VHS sem identificação é encontrada no saco de gostosuras-ou-travessuras das crianças. Sim, uma fita VHS. E não, a ambientação não é nos anos 80 ou 90, mas mesmo assim há um videocassete na sala de estar, o que não é muito usual, mas tudo bem. Pois bem, depois de uma rápida discussão, as crianças convencem Sarah – a babá – a deixá-las assistir ao vídeo.

Então, o que vemos (assim como a babá e as crianças) é uma compilação de três curtas metragens onde o único elemento em comum é um cara vestido de palhaço que está por trás da morte de todo ser humano que ele resolve, por algum motivo desconhecido, vitimar.


O segundo curta é o que menos mais sentido e tem menos ligação com os outros dois, exceto por uma tela pintada com a cara do tal palhaço assassino (que me fez lembrar a freira Valak, por sinal). O filme começa a ficar um pouco confuso a partir deste segundo curta que Sarah está assistindo juntamente com o telespectador, mas a situação melhora um pouco após a exibição do terceiro. Sinceramente, não melhora muito, mas pelo menos fica menos confuso.

Mas, vejamos por outro lado, em questão de sanguinolência, o filme é razoavelmente bom. Tem sangue para todos os lados, cabeças decapitadas, membros decepados e até mesmo uma cesariana sem anestesia. A caracterização de Art – o palhaço assassino – também merece atenção, porque realmente ficou assustadora na medida certa (assim como a caracterização de algumas outras criaturas que aparecem no primeiro curta da VHS). Em questão de meter medo, bom, o filme não me fez sequer virar a cara, então eu não achei um filme apavorante, apesar de sem dúvidas ser bastante sinistro e ter sua dose de terror, especialmente no final.

Resumidamente, All Hallows’ Eve, é aquele tipo de filme para ser assistido em casa quando não se tem nada melhor a fazer. Não chega a ser ruim, mas não é excelente. A fórmula é bem manjada e remete o público a outros filmes de terror um tanto mais famosos por causa dos ingredientes principais: uma fita VHS com vídeos perturbadores, um palhaço assassino e uma noite de Halloween. Se eu fosse dar uma nota, eu daria 5.0 pela caracterização dos personagens somadas à atuação e ao roteiro. Mas esta é apenas minha opinião. Se você já assistiu e tem uma opinião diferente, deixe-me saber.

Curiosidade: Dois dos três curtas na fita VHS são, na verdade, antigos curtas feitos pelo diretor Damien Leone. Um deles é o The 9th Circle (2008), que é o primeiro dos três a ser exibido e o outro é Terrifier (2011), que é o último a ser exibido.


Ficha

Título: All Hallows' Eve
País: EUA
Idioma: Inglês
Ano: 2013
Direção e Roteiro: Damien Leone
Elenco: Katie Maguire, Catherine A. Callan, Kayla Lian, Mike Giannelli, Sydney Freihofer, Cole Mathewson, Michael Chmiel, Brandon deSpain.


Trailer