Disqus Shortname

Hellraiser: Judgement | Paul T. Taylor fala sobre Pinhead


Como fã da franquia Hellraiser, eu sei que colocar fé em um Pinhead que não está sendo interpretado por Doug Bradley não é uma tarefa bastante difícil. Mas, de acordo com uma entrevista concedida recentemente pelo ator Paul T. Taylor para o Dallas Observer, podemos ter esperanças de que ele conseguiu dar conta da missão de dar nova vida para o Pinhead no próximo filme da franquia, Hellraiser: Judgement.

Em sua entrevista ele pareceu bastante empolgado por ter sido escolhido para o papel. Não apenas por ser um grande papel, com uma grande responsabilidade, mas por Pinhead ser um dos seus personagens favoritos do universo do terror. “Foi a coisa mais legal da minha vida! Estar naquele set foi a coisa mais legal que eu já fiz! (Pinhead) sempre foi o meu ícone do terror porque eu achava que era ele o mais inteligente e fora dos padrões. E eu adoro aquelas roupas fetichistas, e isso é muito errado! Ele é um cara completamente errado! Ganchos presos em correntes? Isso é tão terrível e grotesco! A mente de Clive Baker é completamente fora dos padrões. ” – declarou Paul durante a entrevista.

Eu disse ganchos presos em correntes? Pois é, meu leitor. Segundo Paul, o próximo filme é tão, mas tão repugnante que fará as pessoas com estômago e mentes mais fracas correrem. “A essa altura do campeonato, ganchos presos em correntes são o de menos. ” – revelou Paul.


Pinhead apareceu pela primeira vez nas telas no primeiro filme da franquia Hellraiser em 1987. Era para ser um personagem secundário, mas acabou roubando toda a cena. Ele foi interpretado pelo ator Doug Bradley, que sem dúvidas imortalizou o terrível personagem criado por Clive Baker.

Ele é o líder dos Cenobitas, que são membros de uma espécie de ordem religiosa interdimensional e que conseguem atravessar para o lado de cá através de brechas criadas por artefatos mágicos, como é o caso do enigmático cubo que leva o "singelo" nome de Configuração do Lamento.


O desavisado que coloca as mãos neste “cubo mágico do mal” e consegue resolver seu enigma, acaba abrindo esta fenda no tempo-espaço que possibilita que os Cenobitas façam suas ofertas de prazeres sensuais inigualáveis em troca da alma do pobre coitado que, se aceitar, “viverá” a sua pós vida em um local onde o prazer causado pela dor será constante.

Hellraiser: Judgement ainda não tem data certa de estreia, porém há rumores de que pode ser lançado diretamente em DVD/Blu-Ray até o final deste mês, mas também há alguns boatos que será exibido no cinema em sessões especiais próximo ao Halloween. Até lá, Paul T. Taylor vai ter que esperar para mostrar aos fãs o que fez com tão cultuado e denso personagem.

E cá para nós, é melhor que ele tenha feito mesmo um bom trabalho ou, parafraseando o próprio Pinhead, “seu sofrimento será lendário até mesmo no inferno.