Disqus Shortname

Slender Man | Origem e fatos

Reza a lenda que o Slender man habita os bosques e florestas e aparece somente para os seus escolhidos, que ficam hipnotizados com a sua aparência assustadoramente excêntrica e não conseguem correr a tempo de escapar dos seus extensos braços ou tentáculos que os conduzem para uma outra dimensão de onde jamais conseguirão escapar. 

Registros fotográficos da aparição desse homem esguio, vestindo um respeitável terno preto, podem ser encontrados por toda a internet, assim como relatos de desaparecimentos relacionados a sua aparição. Mas, qual é a verdade por trás do mito? Existem relatos de pessoas que realmente viram o Slender Man ou todas essas histórias, vídeos e fotos espalhados pela internet são falsos? Deem uma olhada nas fotos (e suas respectivas legendas) abaixo. O que acham?

Slender man foto 1
Uma das duas fotografias recuperadas do incêndio da Biblioteca da Cidade de Stirling. Digna de nota por ter sido tirada no mesmo dia em que 14 crianças desapareceram e que está relacionada a um "Slender Man". Deformidades foram citadas por oficias como sendo defeito no filme fotográfico. O incêndio na livraria aconteceu uma semana depois. A fotografia real foi confiscada como sendo evidência. 1986. Fotógrafo: Mary Thomas, desaparecida desde 13 de junho de 1986. 
Slender man foto 2
"Nós não queríamos ir, nós não queríamos matá-los, mas o seu silêncio persistente e seus braços estendidos nos horrorizavam e confortavam ao mesmo tempo..." 1983. Fotógrafo desconhecido, possivelmente morto. 

Parecem bem verídicas, não é mesmo? Pois é. Mas, não são.

As fotos acima foram as primeiras atribuídas às supostas aparições do Slender Man (ou Slenderman), mas na verdade são imagens manipuladas no Photoshop por Eric Knudsen sob o pseudônimo de Victor Surge para uma competição em um fórum de um determinado site norte-americano, lá em meados de 2009.

A imagem convence, mas o que convenceu mais foram as legendas colocadas nas fotos. E então, outros participantes do fórum começaram a alimentar ainda mais a história, criando também suas imagens e inventando supostos relatos de desaparecimentos relacionados ao Slender Man, que acabou tornando-se uma das mais incríveis lendas urbanas da internet, atravessando barreiras e fronteiras.

Inúmeras creepypastas foram criadas por aspirantes a escritores e mais uma porção de filmes independentes também foram criados. Logo, a figura misteriosa e sombria de Slender Man chegou ao mundo dos games e está prestes a chegar às telas dos cinemas.

Em algumas entrevistas, Eric Knudsen revelou ter se inspirado em diversos outros personagens e contos de escritores famosos como H.P. Lovecraft e Stephen King. Também se inspirou em artistas do surrealismo e em outras lendas urbanas, como a do Mothman, para criar o Slender Man.

Slender Man é um dos mitos mais bem-sucedidos de todos os tempos criado nesse ambiente virtual. Tanto que são poucas as pessoas que sabem (ou querem saber) qual a sua origem, como tudo isso começou e por isso, ele entra na categoria de lenda urbana.
Mas, apesar de todas as histórias, fotos e vídeos serem apenas ficção, houve um momento em que o nome de Slender Man foi, de fato, parar na seção policial de diversos jornais norte-americanos.

Sacrifício ao Slender Man

Infelizmente, existem pessoas que precisam de ajuda médica para saber distinguir o que é real do que é ficção. E quando não auxiliadas a tempo, podem acabar cometendo crimes em nome de algo que não existe fora das telas.


Foi o que aconteceu em 2014 com Anissa Weler e Morgan Geyser, duas garotas de 12 anos aparentemente normais. Mas, garotas normais não arquitetam um plano macabro para sacrificar uma de suas melhores amigas afim de serem notadas e passarem a ser protegidas pelo Slender Man, que elas achavam que era real, como uma espécie de entidade que precisava ser apaziguada através de um sacrifício de sangue.

Então, elas atraíram a amiguinha para um matagal, como a desculpa de quererem brincar de esconde-esconde e lá, Morgan desferiu quase duas dezenas de facadas no pequeno corpo de Peyton Leutner que, por um verdadeiro milagre, sobreviveu ao ataque.

Atualmente, Morgan e Anissa cumprem suas penas em um hospital psiquiátrico, onde devem passar ao menos três anos trancafiadas. Peyton, hoje com 16 anos, voltou a estudar pouco após receber alta e leva uma vida praticamente normal, ainda que com cicatrizes que com certeza demorarão a desaparecer.